Relatório de Gestão Fiscal

Doações

Revista

Projeto de Expansão

Notícias

DPE-GO consegue tratamento médico à mulher com paraplegia facial

AddThis Social Bookmark Button

A Defensoria Pública do Estado de Goiás conseguiu sentença favorável para Cenilda Maria da Silva, 47 anos, receber tratamento médico adequado para sua doença. Ela possui paraplegia facial, espécie de doença neurológica que consome a ossatura de sua face esquerda, impedindo-a de se alimentar e falar normalmente, além de causar muitas dores.

O marido de Cenilda, Valdoir Martim da Silva, contou que são aposentados, recebem um salário mínimo cada, e direcionam a maior parte de seus rendimentos na compra medicamentos. Eles viram na Defensoria a oportunidade de lutar pelo direito à saúde e à vida de Cenilda, que tinha um quadro clínico que se agravava, com o risco de sofrer úlcera ocular.

Por meio de Laudo Técnico, o Juizado Especial da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás acolheu o pedido da Defensoria e considerou que a cirurgia de implante ósseo e dentário seja o tratamento necessário para atenuar ou erradicar a doença que aflige Cenilda. Como a rede pública estadual não cobre esse tipo de procedimento, que está avaliado em R$ 7.500,00, o Estado de Goiás custeará os custos do tratamento em rede particular.